sábado, 8 de dezembro de 2012

BELEZA SINGULAR



Quando em minha lembrança vens,
Um cheiro suave
Do sereno sinto.
Como se fosse a tempestade,
a passar.

A eterna magia de sorrir,
encantar e contar.
Tu
Que diversas vezes,
Foste a alegria
Que contrariava a tristeza
querendo me abraçar.

O canto e a mais bela canção.
Um suspiro de alivio,
ao coração.

A mais linda
entre tantas lindas
que já vi passar.


Suavizante sorriso
Que acompanha,
Tua afetividade
Singular.
                                               Dony Moreira  08/12


4 comentários:

  1. Dony, há uma suavidade cativante em sua poesia, um equilibrio formando uma ponte entre cada verso - que vai revelando a beleza aos olhos de quem lê. Perfeita escolha da imagem, ajustou-se à poesia. Bj_________________LL

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, somente vi agora, no E-mail !!!! Abraços

      Excluir